19 dezembro, 2008

Falsidade



Já tem um tempo que estou para "falar" aqui sobre produtos falsificados. Hoje, passeando em um dos blogs que visito, me deparei com um post sobre o assunto e resolvi comentar aqui.

Sei que tem muita gente que não vai gostar de ler aqui isso, mas... é a minha opinião. Acho errado, anti-ético, imoral e, acima de tudo, pecado comprar produto falsificado. Pronto! Falei!Afinal, se a pirataria é crime, quem sustenta esse comércio é o quê? Reflita comigo: Você acha que Jesus compraria produtos piratas?
Fico pensando... Meu Deus, quem a pessoa quer enganar usando uma bolsa Louis Vuitton falsa? Qual o sentido de sair desfilando por aí com um item que você sabe que é falso, não é verdadeiro? Acho muito mais coerente, verdadeiro (principamente com você mesma), elegante e original, usar um produto de alguma loja que não trabalhe na ilegalidade.
Um conselho: Seja verdadeira, seja você! Pense: "Se eu posso comprar o original, que ótimo! Se não, tem tantas outras opções no mercado, para quê vou me iludir com um item falso?" (leia Filipenses 4, "Aprendi a contentar-me com o que tenho").
Não esqueça de que quem compra tênis, bolsas, óculos, CD´s e etc piratas, além de adquirir produtos de baixa qualidade (as bolsas descascam, mancham... Os CD's danificam os aparelhos...), está sendo conivente com uma atividade ilícita, criminosa, que, na maioria dos casos, está ligada ao tráfico de drogas e ao crime organizado.
Por isso, meninas, não caiam nessa armadilha! Sejam autênticas e cristãs!
Pirataria não é fashion e, principalmente, não é coisa de cristão!

Bjnhs
Até!

Um comentário:

Jenifher Coelho disse...

meu email é jezinhacs_@hotmail.com

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails