10 setembro, 2007

Felicidade

Como é bom dar uma parada de vez em quando, né? Esse feriado foi providencial. Descansei, passeei, orei, meditei, namorei, gastei (comprei uma bolsa linda!), me divertir e... assisti a alguns filmes.

E é sobre um deles que eu quero falar. Longe de mim ter a pretensão de ser uma crítica de filmes, mas não resisto a idéia de indicar algum quando eu gosto muito. E porque eu acho que vocês precisam assistir À procura da felicidade, vou tentar convencê-los, ok?

O filme é estrelado pelo Will Smith. Vou tentar resumir, sem estragar, tá? Conta a história de um pai que luta para criar seu único filho sozinho. A esposa abandona ele e o filho devido aos problemas financeiros que enfrentam. Bem, esse homem é um vendedor de um equipamento, mas não está tendo muito sucesso (para não dizer nenhum) no ramo.

As dívidas se acumulam, a mulher o abandona (isso eu já falei, né?) e falta dinheiro para tudo. Desiludido, caminhando na rua, ele se depara com dezenas de pessoas saindo de um prédio. Elas parecem felizes. E aquilo desperta a atenção dele. Elas trabalham no mercado financeiro.

Ele decide que é aquilo que ele quer para a sua vida. Lê um anúncio oferecendo vagas na área, se inscreve, mas só depois descobre que o trabalho não é remunerado. Após o período de estágio, de seis meses, apenas um candidato será contratado.

Nesse mesmo período, ele e seu filho são despejados e... se você não tinha chorado até aqui, vai começar. Acho melhor parar por aqui.

A luta desse pai e o amor que ele tem pelo seu filho é emocionante. O que mais impressiona é que a história é baseada em fatos reais. Como definiu minha amiga Raquel, esse filme é “o cúmulo da vontade de vencer”. É lindo! Dói na alma (que profundo, né?)! É uma lição de superação que vale a pena ser vista.


Assistam! Não vão se arrepender!

E aí, convenci vocês?

Espero que sim!

Tenham um excelente, abençoado e feliz início de semana.

Bjnhs

Até!

14 comentários:

Re disse...

Realmente é uma história emocionante. A garra, a determinação e a força de vontade dele são impressionante. A sua busca pela realização profissional, e mais, condições de vida melhor para o filho e ele, são de fazer vc pará pra pensar no que estamos fazendo de nossas vidas, diantes de pequenas dificuldades...
Ótima indicação, Eve.
Bjs

Geografia Bíblica disse...

Mas hein... contou o filme todo! Já havia visto esse filme é muito lindo, se eu te conheço você deve ter se acabado de chorar...

Sds
Eber

Eveline disse...

Ei, negão!

Contei nada! rsrsrsrs! Isso que eu escrevi é mais ou menos o que está atrás da caixinha do DVD. rsrsrsrs. Chorei mesmo. Muito. Me acabei! rsrsrs.

Bjnhs

Páginas da Bia disse...

Olá Eve!

Eu ainda não tive oportunidade de ver, mas desde que saiu no cinema quero assistir. Espero que seja breve, pois com a propaganda, a curiosidade ficou mais aguçada... hehehe

Beijos da Bia!

Paulo Silvano disse...

Eveline,

Parabens pelo blog arejado. Obrigado pela dica do filme.

pr Paulo Silvano

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá irmã Eveline, obrigadopor postar no GQL, saiba que sempre será bem-vinda.
Eu gostaria de recomendar para você o filme vencedor do orscar de 1981, Carruagens de fogo. O filme é excelente e tem uma prespectiva fortemente cristã. O melhor é que foi baseado em uma história real.
Abraços e Paz do Senhor!!!

Eveline disse...

Oi Victor!

Obrigada pela visita e pela dica. Tô ansiosa para ver o filme. Vou pegar e depois te falo, ok?

A Paz!

Gutierres Siqueira, 18 anos disse...

Irmã Eveline, quero parabenizar pela nova edição da revista Ensinador Cristão. Gostei de ver a publicação da palestra do pr. Antonio Gilberto, que foi apresentada na conferência de ebd.
Continue com dicas culturais, isso é bom e inédito...

Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

Eveline disse...

Olá Gutierres!

Fiquei feliz com sua visita e em saber que gostou da nova edição da revista.
A idéia do blog não era(é) bem essa de dar dicas, mas acabou que eu sou assim. Gosto de comentar sobre coisas que me interessam. Vamos ver que linha vai seguir, mas é bom saber que gostou.

Fica na Paz!

Paty disse...

Amiga,
Aqui estou te fazendo uma visitinha. Eu vi o filme e achei maravilhoso.Um incentivo para os que correm atrás e um "soco na boca do estômogo"´naqueles que ficam esperando cair do céu. Inclusive, existem inúmeras pessoas em nossas Igrejas que acham que o maná vai descer todas as manhãs em suas portas e esquecem que é preciso acordar quando o "galo cantar".
Vivemos num mundo extremamente competitivo e só vence quem trabalha, se esforça e que "mata um leão por dia".
Beijinhos e até a próxima,

Eveline disse...

Minha amiga Paty!

Fico sempre muito feliz quando você vem por aqui. Concordo plenamente com suas palavras. Que o diga você, né? Sempre correndo atrás. Teu nome devia ser Patrícia Franco (rsrsrsrs).

Bjnhs com saudades!

Victor Leonardo Barbosa disse...

Eveline, faço coro com o Gutierres, e revista Ensinado cristão tá uma benção este trimestre, realmente fantástica, que continue assim.

Abraços e Paz do Senhor!!!

Victor Leonardo Barbosa disse...

sem querer ofender(risos), o único problema é que t á um pouquinho cara, sabe como é..professor de escola dominical é meio liso(risos).

nayllanamota disse...

Ei Eve...td bem???
oh, a festa foi assim...as brincadeiras: pega-pega, esconde-esconde, uma brincadeirs lah q naum sei o nome, mas ela tem q usar mto a cabeça, vou tentar te explicar, é assim cada pessoa q tah na brincadeira tem q "decorar" quem tah do seu lado esquerdo e quem tah do lado direito(circulo- todos de mãos dadas...aí depois que td mundo tah do seu lado(esquerda e direita) a gente sai da posição anda um pouquinho p embolar e depois é chamar todo mundo do jeito q estiver junta no meio e tem q pegar na mão das 2 pessoa q estavam do seu lado, de onde estiver...aí é só tentar desembolar, formando o círculo novamente sem soltar as mãos de seus parceiros. É mto bom, pq usa mto a mente...ah! se não estendeu vc me fala q eu te explico d novo tah!!!?
E as roupas eram bem infantis mesmo...cabelo de chiquinha, entre outros penteados, sainhas rodadinhas, meião, muitos acessorios...ah! e só entra na festa quem esta vestido de criança. Quase ninguem quis comer, só brincar, tbm teve brincadeira de peteca(mas essa quase ninguém quis brincar, mto sem graça rsrs)
e teve tbm aquelas brincadeiras bem antigas tipo morto-vivo, hono1, boca de forno...
E só...
bjiN*

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails