23 abril, 2010

Fashionista?




Fotos: Blog Lilian Pacce


Ela é fissurada por moda, ama saltos e maquiagem. Normal? Quase. A mocinha em questão chama-se Sofia Boogie e tem apenas 3 anos! No site da editora de moda Lilian Pacce tem a história da menina.

Bem, apesar de muitas meninas acharem isso normal, eu particularmente não vejo essa postura com bons olhos. A Sofia (amo esse nome) é linda, uma fofa, porém é uma criança. É claro que hoje em dia, cada vez mais cedo, as meninas começam a se interessar por esmaltes, batons, brilhos e etc (vide a moda de sandálias com saltos para crianças! ). O problema não está em a menina gostar de moda. A questão para mim é esse lado ser valorizado e incentivado pelos pais. Isso é que não concordo.

Lugar de criança não é no salão de beleza com a mãe, nem surtada diante de vitrines de lojas de sapatos. Criança tem que gostar de brincar, correr, pular e, porque não, se maquiar, se enfeitar e se vestir de "princesa". Porém, apenas como um momento de brincadeira. Acabou o recreio, fantasia no armário e de volta a realidade.

A vida adulta já é tão estressante, cansativa e cheia de problemas. Pra quê antecipar fases e pular etapas? A Bíblia diz: "Há um tempo determinado para tudo", Eclesiastes 3. E é a mais pura verdade! Há tempo de ser criança, adolescente e adulto. Deixemos a vida correr seu curso normal. Adultização precoce não! Isso acaba gerando problemas no futuro. Muitas dessas meninas-adultas quando chegam na "maturidade", sofrem com crises de identidade e acabam se comportando como garotinhas, já que quando eram para viver essa fase estavam preocupadas com "saltos, maquiagem, salão de beleza e etc".

Moda pra criança tem que ser brincadeira e não compromisso. É o que penso! Podem comentar!

4 comentários:

Nel disse...

Oi maninha!!
;)
Tbm concordo com sua postura e com o q vc escreveu.
Não tem necessidade dessa 'precocidade' toda...
Bjão

Eveline disse...

Oi maninha

Fico feliz que pense do mesmo jeito. Poderia também ter falado de outras posturas adotadas por muitos pais em várias igrejas, que cobram das crianças como se fossem adultos, colocando em seus ombros uma agenda cheia de compromissos sem tempo para brincadeiras. Um absurdo!

Bjnhs

Sara Cristina disse...

Olá Eveline, esse artigo está maravilhoso. Agradeço a Deus por este despertamento em relação a nossas criaças. A concepção de infância que temos hoje levou alguns séculos para ser construidas e em nome da modernidade está sendo destruida. Vamos deixar as crianças serem crianças. Tudo ao seu tempo certo.

Eveline disse...

Oi Sara

Que bom que gostou. Vou falar mais sobre isso amanhã, aguarde!

Bjnhs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails