30 agosto, 2007

Marcados pelo amor


Passado o tradicional post inicial, é chegada a hora de dizer a que este blog veio. Depois de convidar meus amigos para me visitar por aqui, fiquei um pouco nervosa de me expor. Mas, afinal, não é esta a intenção do blog? Pois bem. Encaremos a realidade, então (risos).
Sábado passado, participei de uma programação voltada para jovens na AD em Itaóca (RJ). Um trabalho inovador. A liderança dos jovens, preocupada em diversificar as atividades com eles, criou o Espaço Jovem. Trata-se de uma reunião em que alguns convidados conversam, interagem, debatem com os jovens sobre um determinado tema, sendo mediados por um “apresentador”.
Isso mesmo! Como se fosse um programa de televisão! Muito interessante! Ah, se quiserem copiar a idéia não esqueçam de dar o crédito do meu amigo, Carlos Henrique Rodrigues, um dos líderes da juventude da AD em Itaóca, hein?
A estréia desse trabalho foi no sábado. Os convidados: pastor Wagner Almeida, da igreja Cristo Vive, em Campinho(RJ), que faz um trabalho muito lindo de visitas a presidiários; Alessandro, meu digníssimo esposo, que também é evangelista na nossa igreja, a AD em Petrópolis (e de quem você ainda vai ouvir muito falar neste blog), e esta que vos escreve. O tema: Marcados por amar.
Foram quase duas horas de programação e uma sensação maravilhosa de que aprendemos muito naquela noite. Depois de compartilharmos nossas experiências e opiniões sobre o assunto, no final, ficamos nos perguntando: “Será que temos sido conhecidos pelo amor, como nos ensina a Palavra em João 13.34-35?”.
Entre alguns testemunhos que o pastor Wagner contou, teve um que me marcou bastante e me fez refletir sobre o que tenho feito pelo meu irmão. Ele disse que no primeiro retiro que participou, assim que se converteu, teve uma experiência marcante com Deus. Você está pensando que ele foi batizado no Espírito Santo? Ou que alguém entregou alguma profecia para ele? Não! Ele contou que um dos jovens, durante o culto, após cantar com o grupo de louvor, veio na direção dele e deu-lhe um beijo em sua testa. Isso mesmo! Um beijo na testa! Parece bobo? Simples? Pois é, mas aquele gesto marcou a vida do pastor Wagner. “Meu pai nunca tinha me dado um beijo em toda a minha vida e aquele rapaz, que nem me conhecia, deu aquela demonstração de carinho por mim. Nunca esqueci daquilo”, testemunhou ele.
E aí fico pensando. Hoje em dia, estamos tão preocupados com nossas vidas, nossos compromissos, projetos e responsabilidades que, muitas vezes, esquecemos do básico. Muitos, como um dos líderes de jovens da AD em Itaóca pregou, estão tão preocupados em ver o sobrenatural de Deus acontecer que esquecem de fazer o natural. E o que é o natural? É falar com seu irmão, é perguntar se está tudo bem, se está precisando de algo, se você pode ajudar... é dizer: “Ei, estou aqui, pode contar comigo!”. A Bíblia nos ensina a chorar com os que choram (Rm 12.15). Será que estamos fazendo isso? Será que temos marcado a vida de alguém pelo amor?
É, esse assunto rende. Mas já escrevi demais. Outra hora volto a falar sobre isso.
Fica a reflexão!

12 comentários:

Glaucia disse...

Boa noite, Eve!
Que bela iniciativa do Henrique...

Sinto, infelizmente, igrejas frias, em que os irmãos estão distantes uns dos outros.
Percebo que nos acostumamos a não perguntar, a não questionar, a presença ou a ausência do outro.
Mas, de certo, que a responsabilidade é de cada um de nós, como discípulos do Senhor e membros de um corpo em Cristo.
Que assim como você citou o exemplo do pastor Wagner possamos ter atitudes simples mas muito significativas para que a nossa igreja seja conhecida por amar.

Um grande beijo!

Páginas da Bia disse...

oi Eve!

Muito lindo o Blog!!

Que Deus continue te abençoando. E que esse espaço sirva de ferramenta para alcançar as meninas que precisam se firmar mais e mais na presença de Cristo.

Beijocas,

Pastor César Moisés disse...

Prezada irmã Eveline

Seja bem-vinda à blogosfera.

Apesar de este espaço ser "só para meninas", prometo que passarei por aqui para dar uma bisbilhotada...

Deus abençoe

Verônica disse...

Oi!!

Fiquei maravilhada com o trabalho de sábado e já estou com saudades , fiquei triste pois nãp deu tempo para eu fazer uma pergunta para você.

Falei com meu amigo e lider que assim que você voltar será bombardiada por minhas perguntas rs rs
Queria ouvir você responder como faz para ser bonita, elegante e obidiente ao seu Pastor, já que a vaidade tem dominado a igreja de uma forma terrével? e

Desde já te agradeço e peço que retorne o mais rápido possível.

Paty disse...

Bom dia Eve,
Lindo o seu blog, as cores, fotos e esse seu jeitinho meigo de ver a vida. Opss!! Não estou no orkut, mas não consigo escrever pra você sem lhe render elogios. Amigas do peito, sempre, sempre, sempre.
Ah, não olhei apenas as cores, li, leitura dinâmica... confesso. Gostei muito do que escreveu sobre o amor ao próximo, lembrei-me de um texto em Rom 13:08 que diz assim: "A ninguém devais coisa alguma, exceto o amor".
Fiquei aqui, em frente ao PC, pensando: todos os meses tento quitar meus inúmeros cartões de crédito, cheques e blá,blá,blá, e o amor ao próximo? Será que existe sistema de compensação pro amor? Quando estou devendo e a quem preciso quitar o meu saldo negativo?
Bem, pra zerar esse saldo, não precisamos esperar o último dia útil de cada mês, basta que peçamos perdão aos que magoamos e amemos ainda mais os amigos e inimigos que nos rodeiam. E que a graça, a abundante graça esteja em nossos corações.
Parabéns e até a próxima visitinha.
Kisses

Carlos Henrique Rodrigues disse...

Poxa Eveline, realmente esse assunto rende mesmo! Creio que, nossas imponentes igrejas, cheias de teólogos renomados, eventos grandiosos e obras faraônicas infelizmente têm posto o amor em segundo plano. Pergunto eu: Como a igreja edificada nos tempos de Atos dos apóstolos veriam nossos templos de hoje? As viúvas tem sido bem assistidas? Todos têm tido o que comer após ouvir nossas infalíveis pregações e nossos tecnicamente perfeitos louvores? Tenho refletido muito sobre isso esses dias. Deus nos chamou para sermos seus discípulos. Isto é, sermos como Ele. E quais foram os lugares onde Jesus pisou? Enquanto os sacerdotes estavam em seu templo, Ele "agitava" a multidão do lado de fora realizando milagres. O que temos feito além dos nossos muros? Qual tem sido nosso comportamento perante o mundo? Temos "agitado" as ruas ou somente queremos que as pessoas que estão nas ruas encham nossos bancos e tornem nossas igrejas ainda mais belas? Parece duro, não é? Posso estar sendo mesmo, mas é nisso que tenho pensado. Rogo a Deus que nossa voz chegue aos morros, às prisões, aos prostíbulos, ao senado, aos asilos, às clínicas de recuperação, enfim, nos lugares que, creio eu, Jesus estaria... Chega de estarmos atrás de números e vamos atrás de gente, de pessoas, de vidas! Ah... sem esquecer, é claro, de prestar a devida atenção a quem já está sentado em nosso banco, afinal, pregamos tanto para conquistá-lo, não...?

Eveline disse...

Olá Verônica!

Fiquei muito feliz em ver você por aqui. Também gostei muito da programação de sábado. Foi uma pena não termos nos conhecido pessoalmente, mas espero que isso em breve aconteça. Sabe que você me deu uma idéia? Vou falar sobre esse assunto de vaidade aqui no blog. Apareça sempre, tá?

Bjnhs

Eveline disse...

Paty, minha mana-amiga!

Que bom ver seu recadinho aqui. Amo muito você! Você é muito especial para mim! Achei muito interessante a ligação que você fez das dívidas com o amor. Gostei muito! Fiquei refletindo sobre isso. Sabe, tenho feito o que posso para zerar minhas dívidas, tentando procurar, conversar, acertar, etc, mas é tão triste quando você não vê o mesmo sentimento da outra parte, né? Mas isso já rende um outro tema que quero falar mais pra frente por aqui.
Vê se não fica só nessa visita, tá? Conto com sua presença por aqui.

Bjnhs

Amo você!

Anônimo disse...

Oi.... Eveline, eu e seu blog não estamos nos entendendo escrevi um comentário sobre o tema mas infelizmente não foi... não tem problema.

Faço minhas palavras a da sua amiga Gláucia, concordo quando diz do esfriamento nos relacionamentos inter-pessoais entre os irmãos.

Penso que estamos nos afastando do modelo da igreja primitiva, quando o foco principal era o da comunhão entre os irmãos. Mas peço a Deus para que apartir de nós, possamos reaver isto antes que seja tarde demais.

Juliana disse...

Meu Deus!!!
Que tema hein!!! Super de peso, pois verdadeiramente passamos, nos dias de hoje, várias horas estudando,lendo,escrevendo,Malhando(rsrs),mas é verdade e precisamos nos exercitar e sermos cultos, porém, tudo isso vai somente nos satisfazer, e todavia, contudo e no entanto(rsrs)precisamos de AMOR,precisamos padecer com nosso irmão e também nos alegrarmos com ele.
Cerca de um mês atrás, fiz um curso de tecnologia educacional e a palestrante era tão amorosa, porém não era evangelica e ela teceu um comentário que a tecnologia tem sido um meio de comunicação que tem inibido os sentimentos, pois as pessoas falam coisas lindas digitando mas não agem,não expressão tudo isso, as pessoas tem guardado para si OS BONS ABRAÇOS, OS BEIJOS (COM RESPEITO. É CLARO!), OS CONSELHOS DE CORAÇÃO,POR NÃO DESEJAR VER O SOFRIMENTO DO IRMÃO, ENTRE UMA SÉRIE DE AÇÕES QUE AOS OLHOS DE ALGUÉM QUE ESTEJA FORA DA SITUAÇÃO NÃO TENHA IMPORTÂNCIA (COMO O BEIJO QUE O PASTOR RECEBEU), MAS PARA QUEM ESTAVA PRECISANDO DAQUELA AÇÃO PARECE QUE VOCÊ ESTÁ SE ESVAZIANDO DE TODO MAL E SE ENCHENDO DE ALEGRIA.
Eu perante, os relatos da palestrante, que nem tinha o amor de Deus mas falava coisas tão lindas parei naquele momento e sozinha, Eu e Deus, comecei a falar com o Senhor que por mais que eu fosse tranquila e atenciosa em tudo ao meu redor eu gostaria de passar para todos que me cercam alegria, amor, eu pedi sabedoria a Deus para dar conselhos em momentos difíceis entre outras ações pois sou humana e já senti muitas vezes solidão na hora dos problemas e pedi humildimente ao TODO PODEROSO NOSSO PAI ,A ELE A HONRA E GLÓRIA, para que eu não fosse como as pessoas que me trataram mal, mas que eu fosse e seja diferente, porém igual a JESUS e pedi muito amor porque um dia se essas pessoas precisarem de mim eu quero ajudar de coração sem rancor ou orgulho, eu determinei que quero amar a cada um com amor sincero e amor de compadecimento para ajudar como se fosse eu mesma que estivesse passando por aquelas dificuldades.
Temos que Amar as pessoas como Jesus Cristo afinal somos ou não filhos DELE!?
Amei o tema "Marcados pelo Amor"
e é isso que tem que acontecer em nossa vida todos os dias, pois Cristo quando esteve na terra amou vinte e quatro horas por dia e não cansava de fazer milagres e curar e manifestar seu amor cuidando do seu povo.
Que Deus possa olhar para nós e ver servos humildes e dispostos a Amar de coração nossos irmãos em cristo e os ímpios também, afinal devemos ser luz nas trevas pois dessa forma acabamos contagiando o triste e oprimido e este vendo que somos diferentes com certeza vai desejar ter essa alegria e passará pro nosso lado, o lado de luz, o lado de JESSUS !!! ALELUIA!!!
Ai como é bom falar de Jesus!!!!!!
Como é bom poder me comunicar com você Eveline, mas já vi que todo mundo te chama de Eve então pra você me reconhecer no seu blog vou te chamar de Line (rsrs) só pro seu nome ficar completo, tá?(muitos rsrs).
Será sempre um prazer e uma honra me comunicar com você.Eu tô adorando.
Mais uma vez, Amei o tema abordado e comecei ontem nê a entrar no blog então meu comentário deve chegar sempre um pouco depois porque gosto de ler uma mensagem por dia para meditar e guardar no meu pensamento.
Mas sendo blog não preciso me preocupar posso falar com você todo dia!!! Maravilha.
Juliana Hammes (namorada do Douglas)( vou colocar sempre no final - Ju-AD-Line ) para você me identificar e não ter que escrever um relatório de quem eu sou (rsrs).OK!?
Você é Super Especial!
E não vou cansar de parabenizar vc pela iniciativa. Parabéns Querida!

Um Big Beijo!

Eveline disse...

Oiii Ju!

Ouvi seu recadinho ontem na secretária eletrônica. Amei! Também fiquei muito feliz em ler seu comentário de hoje (assim vou ficar mal acostumada, hein? rsrsrs). Você escreve bem. Podia fazer um blog também (ih, até rimou! rsrsrs).
Gostei muito de tudo que escreveu. Pensei em depois postar alguma coisa aqui sobre esses assuntos (perdão, amor, solidariedade).
Realmente é muito triste quando a gente passa por um problema e não recebe ajuda dos nossos irmãos em Cristo. Já passei por isso na pele recentemente e você não tem idéia de como doeu. Mas, enfim, Deus nos dá força, graça e, principalmente, vitória, né? E o mais importante: Ele nunca nos abandona. Glória a Deus!
Continue deixando recadinhos aqui. Tô amando tudo isso! Além do mais, você me enche de idéias de assuntos que posso abordar aqui. Bjnhs! Ah, pode colocar JuLine que eu vou entender. Hehehehehe.

Bjnhs!

BIANCA disse...

oi eveline... tudo bem?
passei pra disse qe amei seu brog e seu livro tambem... ameiiii de paixao o seu livro muito muito lindo... aprendi muito com vc sabia! espero qe vc fasa outros livros e qe DEUS comtinue te abensoandu cada vez mais... vc e muito especial pra DEUS qe o senhor jesus te de muitas vitorias... adorei falar com vc e mostrar minha opniao! thauuuuuuu
de:BIANCA
para:EVELINE

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails